segunda-feira, 4 de abril de 2011

Jasminoides

Ainda que eu esteja perdida em algum outro planeta
trilhando rumos desconhecidos, à parte de meu Astro

Almejo ser Gardênia, pálida e aromática
segura na palma da mão, na carícia de seus dedos

Depois de tudo, não me despojei das pétalas
que supostamente deveriam ter pendido de mim e deitado ao chão
Desejo exalar minha fragrância no calor da pele sideral

E agora que só me resta a espera, tendo feito tudo o que fiz
me pego sorrindo ao me deparar com doces ironias.

Como pode?
Gardênia é o nome da essência
que tenho vertido em meu corpo
para perfumar os meus dias.

3 comentários:

Rebeca dos Anjos disse...

Noossa. QUE LIN-DO.

Suka disse...

Obrigada, gatona! Fico feliz em receber sua ilustre visita! Bjks!

Renato disse...

http://www.youtube.com/watch?v=dBHhSVJ_S6A

Licença Creative Commons
This work by Sueysa de Andrade Pittigliani is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported License.
Based on a work at sukapitt.blogspot.com.