sábado, 23 de junho de 2007

E virou a página...


Ela sentou e respirou fundo, tinha nas mãos toda a magia contida em um dos universos, abriu o pequeno livro e espiou curiosa com olhos apreensivos. É preciso ter cuidado com essa coisa que os livros têm, eles são meio imprevisíveis. Você abre um livro e quando olha bem dentro dele, nem imagina onde ele vai te levar. Nunca se sabe onde pode ir parar.

Mas esse livro era daqueles que nos levam a lugares macios, onde a brisa é fresca e agradável, lugares coloridos e brilhantes, esse livro era daqueles de pé pisando em nuvens, daqueles que tem gosto de picolé em dia de sol e cheiro de chuva molhando a terra.
As palavras dançavam e sorriam para ela, algumas se penduravam na ponta de uma página e pulavam para a outra, fazendo acrobacias. E todas elas eram bonitas juntas. Enquanto estava lendo, tinha a sensação de que tudo no mundo estava em seu devido lugar.

Tão curioso era ver que em folhas de papel cabiam pessoas, mundos, sóis, luas, lágrimas, vidas. Como era encantador observar tudo aquilo e ao mesmo tempo fazer parte daquela beleza enquanto passeava por mentes e corações, deslizava por abraços e canções, enquanto dentro dela crescia a flor que brotara de uma semente pequenina que plantou.
Sorriu e pensou:
-Então é isso mesmo!

2 comentários:

Rebeca dos Anjos disse...

Êh!!

Que bom que vc voltou, menina! E tá tudo lindo por aqui!

O texto, o layout, a imagem... tudo!!!

Tava com saudade de passar por aqui! E tô com saudade de vc tb!!!


Beijo grandão!

Cadinho RoCo disse...

Fazia tempo que eu não lia mimo tão gracioso aos livros e à leitura.
Cadinho RoCo

Licença Creative Commons
This work by Sueysa de Andrade Pittigliani is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported License.
Based on a work at sukapitt.blogspot.com.